Chipa-guazú.

Conforme prometido, aqui está a outra “chipa”, que apesar do nome, é totalmente diferente da anterior. Também conhecida como “sopa paraguaia” no Mato Grosso do Sul (não me perguntem o porquê de chamarem isso de “sopa”), é um prato muito saboroso, um espécie de bolo de milho salgado, com queijo e cebola. Adorei! Fiz agora à noite e comi uma bela fatia, mas o gostoso será amanhã de manhã com cafezinho! Essas idéias paraguaias estão rendendo boas e diferentes receitas, em breve teremos a macarronada verde e o surubim cozido. Acho que o brasileiro deveria olhar mais para os seus vizinhos e também para o próprio interior, ficamos presos aos sabores europeus e de outros países ricos, esquecendo de nossas raízes e de nossos “hermanos”. Por exemplo, hoje o Peru é o país da gastronomia, a comida peruana será em cinco anos o que a japonesa foi há cinco anos (a moda!), assim como Bogotá é uma capital internacional da gastronomia, com bares e restaurantes de todos os tipos, onde surgem inovações que não existem em nenhum outro lugar. A riqueza está bem perto, só precisamos enxergá-la.

PS. Não posso deixar de agradecer infinitamente minha amiga Natália Carvalho, que me ajudou na preparação dessa receita, debulhando o milho e lavando a louça. Quer ajudante mais importante que essa? MUITÍSSIMO OBRIGADO!

Ingredientes:

01 kg de milho verde (aprox. 7 a 8 espigas)

½ xícara de leite

80g de manteiga

03 ovos.

500g de queijo minas meia-cura. (corte em cubinhos)

05 cebolas grandes. (picadas e caramelizadas)

Sal (aprox. 01 colher de sopa)

Modo de Preparo:

Bata no liquidificador: o milho, a manteiga, o leite, os ovos e metade da cebola caramelizada. Depois misture a massa (muito mole) ao queijo e o restante da cebola. Coloque em uma fôrma GRANDE untada e asse em forno pré-aquecido por 1 hora (forno baixo, menos de 200°C).

Dicas:

-Cebola caramelizada é aquela cebola bem fritinha, que fica marrom e adocicada.

– Use 2/3 do queijo para misturar e 1/3 salpique por cima.

– É importante assar em fôrma grande para poder ficar um bolo baixo, porque mais alto ele não cozinha.

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://tanamesapessoal.wordpress.com/2010/04/15/chipa-guazu/trackback/

RSS feed for comments on this post.

5 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Pareçe ser bem gostoso..quando eu visitei o paraguai para compras pude experimentar algumas comidas tipicas..Bem gostosas mais a que me conquisto foi a chipa ..que é maravilhosa compreo lá a mistura para fazer em casa e ficou orimo..Beijoo e bom resto de semana..se der de uma passadinha lá no blog.

  2. :O chega ddeu agua na bocaa..

    Vou fazer concerteza…minha mãe adora preparações com milho..

    xero moço

  3. noooossa, babei com as receitas…vou experimentar fazer algumas esses dias…:)

    :*

  4. Da comunidade de História para o estômago! hum

  5. Olha, eu sou metade paraguaia e tenho uma correção a fazer: sopa paraguaia e chipa guazu são coisas diferentes. A primeira é feita com farinha de milho fresca, coisa bem rara de achar no Brasil.

    Agora umas dicas: a) se vc usar um ralador para ralar o milho, ela fica bem mais cremosa, porque fica com menos bagaço. Dessa maneira tb não precisa bater no liquidificador, é só misturar.

    b) O melhor é fritar a cebola no óleo até murchar e depois colocar o leite pra cozinhar junto. Se bater isso no liquidificador, a cebola vai sumir…

    Acho que é isso!
    bjs


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: