Escondidinho de Charque

Iguaria típica do nordeste que está ficando cada dia mais comum em outras regiões do País. É um prato simples, relativamente barato e prático. Consiste na união de duas coisas gostosas, 1° Purê de macaxeira e 2° Charque desfiada e acebolada, juntos em camadas e gratinados! Por fora parece uma lasagna, por dentro é um verdadeiro manjar dos deuses!

Recomendo para almoços preguiçosos, vai bem com arroz branco e uma saladinha verde, banana crua ou frita também vai bem.

escondidinho de charque

Ingredientes:

01kg de charque desfiada (carne seca/jabá)

02kg-03kg de macaxeira bem cozida (mandioca/aipim)

04 cebolas médias, fatiadas finas, cortadas de modo longitudinal (tipo da comida chinesa)

03 tomates médios (em cubinhos)

01 copo de requeijão (aprox 200g)

01 maço de cebolinhas cortado bem fino

01 colher generosa de manteiga.

100g de parmesão fresco ralado (ou primadonna vermelho)

Pimenta e sal a gosto.

Preparo:

A carne é deixada de molho na água umas 16 horas antes, troque de água umas 5 vezes no mínimo durante esse tempo.  Cozinhe na panela de pressão por uma hora ou mais (até ficar bem mole). Enquanto isso frite as cebolas em um pouco de óleo, uma folha de louro(mas tire antes de adicionar a carne) e uma pitadinha de pimenta do reino, pode ser em fogo baixo, até ela ir ficando marrom e adocicada. Quando a carne ficar cozida, desfie, adicione os 03 tomates e junte nas cebolas já fritas, refogue por uns 15 minutos.

Enquanto a carne cozinha e as cebolas fritam, faça o purê amassando a macaxeira com um garfo, adicione o copo de requeijão, a cebolinha picada e a manteiga, misture bem.

No refratário coloque uma camada de purê, a charque refogada com cebola, outra camada de purê e o queijo ralado.

Dicas:

– Use charque magra, se comprar ela gorda, tire a gordura depois de cozinhar.

– Não use queijo ralado industrializado, aquilo é horrível, sobra de limpeza das fábricas de laticínio, tem cheiro de vômito e textura de sujeira.

– Fiz uma salada bacana para acompanhar, com alface francesa (roxa), banana, gergelim e um molho básico de shoyu, azeite, mostarda amarela, mel e uma pontinha pimentão ralado (deixei esse molho apurando por 2 horas na geladeira)

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://tanamesapessoal.wordpress.com/2009/08/14/escondidinho-de-charque/trackback/

RSS feed for comments on this post.

4 ComentáriosDeixe um comentário

  1. eu amo muito tudo isso!!escondinho de charaque,camarão, ou frango..é tudo de bom..sua foto tá incrivel..bjus

  2. Bom, a aparencia está ótima, mas eu confesso que esse prato não é dos meus preferidos..=/
    Quando se faz aqui em casa, eu nem comento pra voce ter ideia. E olhe que o da mulher daqui de casa é uma delii. hihihii ;]

    Mas esse prato é uma das marcas da Culinária Pernambucana e é muito bom mesmo. – eu disse ‘pernambucana’ pois acho muito a cara daqui, isso não quer dizer que ele não seja consumido nem ‘a marca’ de outros estados nordestinos, só que eu acho que em PE, é mais forte. =]

    Beijos.
    sempre arrasando hein/ tu ainda vais me matar com essas fotos calóricas. kkkk

  3. ERRATA – no lugar de ‘comento’ no texto acima é ‘como’.

  4. Fiz e ficou muito bom!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: